Terça, 26 de Outubro de 2021
Governo Estadual
Em workshop da Aneel, Reinaldo Azambuja apresentará modelo inovador para aumentar oferta de energia
Imagem: Crédito: Divulgação
Publicado em 16/09/2021

Com o objetivo de apresentar um modelo inovador de Mato Grosso do Sul para aumentar oferta de energia elétrica, o governador Reinaldo Azambuja aceitou o convite do diretor da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) Hélvio Neves Guerra para participar do 2° Workshop Inventário Hidrelétricos Participativos, que será realizado nos dias 23 e 24 de setembro, com a presença do ministro de Estado de Minas e Energia, Bento Albuquerque. Guerra fez questão de entregar o convite pessoalmente, nesta quinta-feira (16), em audiência na governadoria.

“A razão principal do convite para o governador Reinaldo Azambuja é o fato de que esse processo todo dos inventários das usinas hidrelétricas foi iniciado aqui em Mato Grosso do Sul. Então, a participação dele é muito importante para que apresente um depoimento de como isso aconteceu, quais foram os benefícios do Estado com esse tipo diferente de fazer inventários hidrelétricos. Essa é a razão do convite, que o governador aceitou. Ele vai participar do evento para que possa mostrar para outros estados que benefícios podem obter”, contou o diretor.

No encontro, Reinaldo Azambuja conversou com o Hélvio Guerra também sobre os desafios que o Brasil está enfrentando com a pior seca dos últimos 91 anos e a importância da ampliação de oferta de geração de energia elétrica.

De acordo com o secretário Jaime Verruck (Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), o inventário participativo foi desenvolvido pelo Governo do Estado em parceria com a Aneel na bacia do Rio Pardo facilitando investimentos para a ampliação da geração de energia elétrica.

“O convite da Aneel foi para que a gente possa participar do seminário mostrando como foi a experiência de Mato Grosso do Sul e como ela foi inovadora, inédita naquele momento, e como essa experiência pode ser ampliada e virar investimentos hidrelétricos no Estado, contribuindo para aumentar a oferta de energia elétrica. Mato Grosso do Sul tem um procedimento que avançou muito rapidamente e que concilia o interesse do empreendedor, o interesse ambiental - que é questão fundamental nesse processo -, e o interesse de aumentar a oferta de energia elétrica”, explicou Verruck.

Mato Grosso do Sul também tem se destacado no incentivo ao uso de energias limpas e renováveis. Entre os projetos em execução no Estado está o Ilumina Pantanal, que está levando energia elétrica, principalmente por meio de painéis solares fotovoltaicos, para cerca de cinco mil pessoas que vivem em áreas remotas do bioma e que não contavam com o serviço.

Além do governador Reinaldo Azambuja, do secretário Jaime Verruck e do diretor da Aneel Hélvio Neves Guerra, a reunião desta quinta-feira contou com as presenças das assessoras da Agência Larissa Mamed Bomfim Brandini e Ludimila Lima da Silva.

Serviço - O workshop será realizado de forma híbrida, com participações presenciais e remotas, como medidas de biossegurança. A participação do governador Reinaldo Azambuja será por videoconferência, no dia 23, na abertura (das 13h às 14h, no fuso horário de MS), e na Mesa de Debate "Referências em Inventários Hidrelétricos Participativos - avanços obtidos", das 14h45 às 16h30 (MS).

Já o secretário Jaime Verruck participará da Mesa de Debate "Como Operacionalizar o desenvolvimento de inventários participativos? - parte 1", no dia 24, das 13h às 15h15 (MS).

Por: Assessoria de Imprensa
Comentários
veja também
Cidades em rede
Rede News Online 2011 - 2021 © Todos os direitos reservados