Terça, 26 de Outubro de 2021
No Mapa
"A Ceasa douradense vai equacionar a agricultura familiar", diz Liandra durante agenda em Brasília
Imagem: Crédito: Divulgação
Publicado em 11/09/2021

Durante encontro com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, no Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), nesta quinta-feira (09) em Brasília, a vereadora Liandra da Saúde (PTB) entregou diversas reivindicações dos pequenos produtores dos distritos de Dourados e reforçou a necessidade da implantação da Ceasa (Central de Abastecimento) no munícipio. A agenda foi viabilizada pelo deputado estadual Neno Razuk (PTB).

A vereadora levou ofício a ministra Tereza, solicitando a liberação da área onde seria implantado o Frigorífico do Peixe, considerando a resposta de requerimento da Secretaria Municipal de Agricultura Familiar, onde afirma que o local ainda está em domínio do Mapa.

No entanto, segundo documento do Ministério da Agricultura, assinado pelo presidente da Comissão de Infraestrutura, Flavio Augusto Modesto e Silva, entregue a vereadora Liandra, sugere que o município regularize algumas pendencias burocráticas existentes no convênio 62/2007, para que a doação da área do Frigorifico do Peixe seja firmada.

Liandra da Saúde considera que houve morosidade nos processos de implantação da Central de Alimentos, sendo que desde o ano de 2015 foram feitas várias tratativas para a execução da obra, onde inclusive neste período ocorreu a doação de uma área pelo Governo do Estado, para construção do empreendimento. “A Ceasa seria construída em uma área de quatro hectares próximo ao trevo de Fátima do Sul, porém por questões burocráticas está paralisada há anos”, afirmou.

Na próxima sessão na Câmara, a vereadora pretende encaminhar indicação à administração municipal solicitando providências visando a regularização de pendencias que porventura possam estar impedindo a liberação da tutela de domínio do Frigorifico do Peixe, onde deverá ser implantada a Central de Alimentos. “Esta obra será de extrema importância na distribuição de hortifruti na região da Grande Dourados, beneficiando produtores rurais de mais de 38 municípios”, ressaltou Liandra.

Por: Assessoria de Imprensa
Comentários
veja também
Cidades em rede
Rede News Online 2011 - 2021 © Todos os direitos reservados