Quinta, 29 de Julho de 2021
CAMPO GRANDE MS
Proinc é fundamental para combater crise causada pela pandemia, diz Beto Avelar
Imagem: ASSESORIA
Publicado em 02/06/2021

O vereador Beto Avelar (PSD) destacou nesta terça-feira (01/06) que os contratos do PROINC – Programa de Inclusão Social, celebrados entre a Prefeitura e a população em situação de pobreza da Capital, não podem ser interrompidos durante a pandemia para não agravar ainda mais a crise econômica, causada pela pandemia de coronavírus, que provoca desemprego em todo o país.

“A crise provocada pela pandemia atinge principalmente as famílias mais vulneráveis. Hoje a fome bate na porta de todas as famílias em situação de risco. Recebo muitas mensagens todos os dias de trabalhadores pedindo pela prorrogação do contrato até o fim da pandemia. Por esse motivo, solicitei à Prefeitura para que os contratos temporários efetuados com os beneficiários do Proinc não sejam interrompidos. É uma atitude solidária e de bom censo em defesa das famílias da Capital”, destaca Beto Avelar.

O Proinc é um programa social do município que proporciona qualificação social e profissional, ocupação e bolsa-auxílio para cidadãos desempregados que moram na capital. A Legislação permite que o contrato seja efetuado por até dois anos, em razão do sistema de rotatividade. Porém, Beto Avelar afirma que a situação hoje é excepcional. “Estamos passando por uma situação difícil nunca vista em todo o mundo. Em Campo Grande, mesmo com a vacinação avançando, ainda não há geração de empregos significativa pela indústria e comércio. Não podemos aumentar a massa de desempregados e deixar as pessoas que trabalham sem emprego e renda”, ressalta o vereador.

“Além disso, muitos trabalhadores do Proinc tem mais de 50 anos ou tem algum tipo de deficiência e todos nós sabemos que o mercado de trabalho ainda tem receio de contratar. Sem o Proinc esse trabalhador fica desempregado, sem renda e a fome acaba se tornando realidade para a família”, diz Beto Avelar. Os trabalhadores do Proinc realizam os serviços básicos essenciais como a limpeza de ruas, serviços gerais, zeladoria e de infraestrutura no Poder Público e nas vias de Campo Grande.

Beto Avelar foi coordenador do Proinc entre 2018 e 2020 e explica que a ideia de prorrogar o contrato foi bem recebida pelo prefeito Marquinhos Trad. “A equipe da Prefeitura faz uma análise jurídica da situação para encaminhar um Projeto de Lei para a Câmara Municipal permitindo a prorrogação do contrato. Vamos trabalhar para que isso ocorra rapidamente e beneficie esses trabalhadores tão dedicados”, conclui o parlamentar.

Por: Marcelo Pereira
Comentários
veja também
Cidades em rede
Rede News Online 2011 - 2021 © Todos os direitos reservados