Sexta, 18 de Janeiro de 2019
PROCON
Procon Estadual flagra irregularidades em supermercado tradicional da Capital
Imagem: ASSESSORIA
Publicado em 14/12/2018

Ação de fiscalização realizada por equipe da Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor - Procon/MS, órgão ligado à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho – Sedhast, em atendimento a reclamação de consumidor, constatou diversas irregularidades que ferem o Código de Defesa do Consumidor em um dos supermercados mais tradicionais de Campo Grande, o Carrefour, que foi autuado pelos fiscais do Procon Estadual.

Entre os vários problemas registrados, destaque para aqueles com prazo de validade vencido, impróprios para o consumo por estarem com embalagens violadas ou amassadas e ainda, com divergência de preços entre as gôndolas e os registrados nos caixas.

Em se tratando de produtos vencidos, encontram-se 40 pacotes de feijão carioquinha, com um quilo cada, um pacote de arroz especial, dois sachês de molho de tomate todos vencidos nos primeiros dias de dezembro em curso. Além destes foram encontrados também 25 embalagens de macarrão instantâneo com prazo expirado em 06 de novembro passado.

Impróprios para consumo estavam expostos milho em conserva, massa de tomate e macarrão instantâneo. Além disso foram encontrados produtos sem qualquer especificação de procedência, prazo de validade ou ingredientes que o compõem. Registrada ainda, 48 produtos com divergência de preços entre a gôndola e os caixas. Todo o material irregular foi descartado em presença de representantes do supermercado, que foi autuado,

O superintendente do Procon Estadual alerta o consumidor para não se descuidar de detalhes importantes na hora de adquirir produtos para consumo. “É muito importante ficar atento a prazos, especificações e preços, principalmente nesta época em que há aumento do movimento nos estabelecimentos comerciais”, observa

Por: Assessoria de Comunicação - Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor- Procon/MS
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2019 © Todos os direitos reservados - 5 usuários online - Páginas visitadas hoje: 0