Quarta, 19 de Dezembro de 2018
SERIE A MS
Vice-campeão da Copa Verde, ex-meia do Santos é o novo técnico do Corumbaense
Imagem: ASSESSORIA
Publicado em 27/11/2018

Responsável por uma das maiores zebras do ano no futebol brasileiro, ao levar o Atlético-ES à final da Copa Verde, o ex-meia do Santos, Zé Humberto, foi anunciado na noite de segunda-feira (26) como o novo comandante do Corumbaense para 2019.

Aos 59 anos, o mineiro de Uberlândia iniciou a carreira no interior paulista como meia, mas chegou ao ápice ao defender o Santos no fim dos anos 1980 e início da década seguinte, onde atuou ao lado de César Sampaio, hoje heroi palmeirense, e dos também técnicos atualmente Paulinho McLaren, Sérgio Guedes e Marcelo Veiga. Passou também por Atlético-PR e Figueirense.

Depois de longo período trabalhando na comissão técnica fixa do próprio Peixe, onde trabalhou com Emerson Leão, Vanderlei Luxemburbo e Dorival Júnior, além de estagiar com Abel Braga.

Luxemburgo, aliás, é um dos gurus do treinador, que segue à risca o que aprendeu com o 'professor' e o considera um exemplo na profissão.

Em dois anos no comando do modesto time , faturou, além do vice na Copa Verde, um título estadual e uma Copa ES.

Treinador desde 1997, Zé Humberto ganhou projeção nas divisões inferiores do futebol brasileiro ao acumular acessos no Campeonato Paulista com Ferroviária (2001), Oeste (2002) e Sertãozinho (2003). Levou, também, o Itumbiara ao título em Goiás, local onde rodou por inúmeros clubes.

É a primeira vez que trabalha em Mato Grosso do Sul. O acerto aconteceu após reunião por toda a tarde de segunda. Zé Humberto substitui outro ex-meia santista, Robert, demitido após a eliminação do Carijó na primeira fase da Série D deste ano.

Segundo o Correio do Estado apurou, desde a última semana o Carijó iniciou as conversas com Zé Humberto. O objetivo agora será a montagem do elenco, tarefa difíciul, visto que a grana em relação ao ano passado encurtou.

O Corumbaense terminou o Estadual deste ano em segundo lugar, perdendo o título para o Operário. Na Copa do Brasil, o Carijó eliminou o Asa (AL) na primeira fase, em jogo histórico disputado no Arthur Marinho, mas acabou eliminado ao ser derrotado pelo Vitória, em Salvador (BA), na rodada seguinte. Na Copa Verde, eliminou o Ceilândia (DF), mas deu adeus com duas derrotas para o Luverdense (MT). O clube disputará as mesas competições nesta temporada.

Zé Humberto (último da esquerda para a direita, agachado) no Santos de 1990: Sérgio Guedes, Marcelo Veiga, Serginho Chulapa, Paulinho Mclraen, Axel, Almir e Serginho Chulapa: tempos difíceis para o Peixe

Por: REDAÇÃO
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2018 © Todos os direitos reservados - 2 usuários online - Páginas visitadas hoje: 0