Quarta, 14 de Novembro de 2018
Campo Grande MS
Entrevista com o Coronel Isaias Bittencourt Prè -Candidato a Deputado Estadual
Imagem: assessoria
Publicado em 10/07/2018

QUEM É ISAÍAS BITTENCOURT?

Sou um Sulmatogrossense de 51 anos de idade, nascido em Terenos, casado há 26 com Lízia Bittencourt e tenho dois filhos adultos. Cristão evangélico, há 21 anos sou Membro da Igreja Sara Nossa Terra onde fui ordenado Pastor há 10 anos. Minha formação acadêmica compreende além dos Cursos em nível de Graduação e Pós-Graduação necessários a Carreira Militar, a Graduação em Direito (Bacharel) e Pós-graduação em Ciências Jurídicas. Sou Coronel da Reserva do Corpo de Bombeiros do MS.

FALE SOBRE SUA CARREIRA PROFISSIONAL:

Filho de uma família humilde comecei a trabalhar aos 13 anos de idade como Office Boy. Ingressei por concurso público na Polícia Militar de MS como Cadete, em Janeiro de 1987. Especializei-me e desenvolvi minha carreira como Oficial do Corpo de Bombeiros ocupando as principais funções de Comando, Chefia e Direção tais como Comandante das Unidades de Bombeiros em Três Lagoas, Ponta Porã, Dourados, Comandante de Bombeiros do Interior, Diretor de Pessoal entre outras. Alcancei o último posto (Coronel BM) em 02 de março de 2011. No final de 2013 assumi por um curto período a superintendência de Pesca e Aquicultura do Estado. Em 2014 fui candidato a Deputado Federal pelo PRB. Em janeiro de 2015 fui nomeado Coordenador Estadual da Defesa Civil, cargo que desempenhei até abril deste ano, momento em que a pedido, entreguei a Direção da Defesa Civil Estadual devido ter aceito o novo desafio de colocar o meu nome a disposição da população Sulmatogrossense como PRÉ-CANDIDATO A DEPUTADO ESTADUAL.

COMO O SR. AVALIA SUA PASSAGEM PELA DIREÇÃO DA DEFESA CIVIL DO ESTADO?

Desenvolvemos um trabalho que fortaleceu sobremaneira o sistema de proteção e defesa civil no Estado. Tivemos no final do ano de 2015 e início de 2016 chuvas intensas muito acima da média para o período em MS onde a maioria dos municípios ficou em Situação de Emergência e nos fez crescer muito como Defesa Civil, realçando sua importância no cenário Estadual. O Estado através da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil pode apoiar os municípios dando suporte técnico nas demandas de gestão de riscos e respostas a desastres, sem abandonar as ações prioritárias de atender as comunidades atingidas pelos eventos adversos principalmente com ajuda humanitária. Foi muito produtiva e gratificante minha passagem pela Defesa Civil do MS.

FALE DA SUA EXPERIÊNCIA COM AS URNAS EM 2014 COMO CANDIDATO A DEPUTADO FEDERAL:

Fui desafiado em 2014 a disputar uma vaga de Deputado Federal para a qual obtive a expressiva votação de mais de 35 mil votos. Para mim esse resultado foi sem dúvidas, uma sinalização de que as pessoas de bem (não comprometidas com o sistema eleitoral viciado e corrupto) querem renovação da política e que eles ainda acreditam e que é possível um País que confie em seus políticos e políticos que representem seus eleitores. Precisamos impedir que política seja um reduto permanente dos mesmos nomes e grupos de interesse e urge resgatar a confiança da sociedade. Esse foi o sentimento que eu ví nos olhos daqueles que confiaram seus votos na minha pessoa e com isso, me fez considerar o maior vencedor daquela eleição.

QUAIS AS PRINCIPAIS PROPOSTAS DE AÇÃO PARA EVENTUAL MANDATO DE DEPUTADO ESTADUAL?

Quero cumprir as atribuições de propor ou aprovar leis estaduais, fiscalizar a execução das ações e atos da administração Estadual tendo o compromisso com os seguintes temas:

1) Em defesa dos valores, princípios morais e éticos da família e da vida;

2) Pelo investimento em Segurança Pública garantindo recursos que visem dar ao policial civil, ao Policial Militar e ao Bombeiro Militar todas as condições necessárias para o cumprimento de seu dever. Pretendo também apoiar na valorização do profissional de segurança pública.

3) Atuar no combate a corrupção. Apresentar projeto que cria um código de conduta para os administradores e ações que fomentem a cultura de intolerância com a corrupção e que façam a prevenção dos caminhos da corrupção.

4) Garantir que a escola seja um ambiente de aprendizado, e não um local de doutrinação ideológica. Não a ideologia de gênero.

5) Contra aumento de tributos. Basta de aumento de impostos, é preciso que sejam feitos ajustes fiscais pela redução da despesa pública, e não pelo aumento da arrecadação.

6) Estímulo ao empreendedorismo e abertura de negócios. Quanto mais empresas e negócios, mais próspera será a economia e mais empregos e riqueza estarão disponíveis para a população;

7) Ouvir a população e os profissionais da educação e saúde visando mapear os problemas e propor soluções, buscando para isso, que todos os recursos carimbados para educação e saúde sejam realmente destinados para a atividade prevista.

8) Fomentar ações que fortaleçam o Sistema Estadual de Defesa Civil como por exemplo criação de uma compensação de riscos para produtos perigosos e barragens; Regulamentar o serviço voluntariado buscando estruturação e benefícios para essa função honrosa; Propor um programa de combate a erosão maneira integrada e permanente no nosso Estado tratando-o como um desastre crônico buscando destinação de recursos estaduais e federais para esse enfrentamento.

Por: jeferson Bezerra
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2018 © Todos os direitos reservados - 4 usuários online - Páginas visitadas hoje: 0