Quarta, 15 de Agosto de 2018
Campo Grande
Dr. Paulo Siufi quer redução da alíquota também para gás de cozinha, gasolina e álcool
Imagem: ASSESSORIA
Publicado em 06/06/2018

Foi votado e aprovado hoje, 5, na Assembleia Legislativa e em regime de urgência, o Projeto de Lei 110/2018, do Poder Executivo, que trata da redução da alíquota do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do Diesel. O projeto tem como objetivo atenuar os impactos causados pela paralisação nacional de caminhoneiros. Agora a proposta retorna para o Governo e, após sanção, irá baixar a alíquota do ICMS de 17% para 12% em Mato Grosso do Sul, equiparando-se a outros estados da Federação.

Para o deputado estadual Dr. Paulo Siufi (MDB), no entanto, apesar da conquista dos caminhoneiros, empresas de transporte e atividades afins, essa redução não irá refletir no restante da população. “Vejo benefícios para a categoria e para o nosso Estado. Mas quero deixar registrado que essa redução deveria ser estendida ao gás de cozinha, à gasolina e ao álcool. Direitos iguais a todos, como garante a Constituição”, declarou Siufi.

O parlamentar acrescentou ainda que espera ver o resultado não só nas bombas, mas também nos serviços de transporte público municipal e intermunicipal, em decorrência da pretensa diminuição do preço do diesel para o consumidor. “Quando fui vereador por Campo Grande, o principal argumento dos donos de empresas de transporte coletivo era o valor do diesel. Se o preço vai cair, espero e vou cobrar que as tarifas de ônibus também diminuam”, assinalou.

Dr. Paulo Siufi ressaltou que é preciso garantir que o decréscimo dos preços chegue aos postos de combustíveis. “Estou votando a favor da proposta. Mas temos que verificar se isso vai refletir de fato nas bombas. Temos também que imediatamente cobrar a diminuição nas tarifas de ônibus porque, conforme foi dito pelo governador na reunião que aconteceu na Presidência da Assembleia hoje cedo, isso irá ocorrer”, salientou Dr. Paulo Siufi.

Por: Adriana Viana
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2018 © Todos os direitos reservados - 8 usuários online - Páginas visitadas hoje: 3486