Sábado, 14 de Dezembro de 2019
STJ Concede Liminar.
STJ concede liminar e pedido de extradição de ex-presidente do Paraguai é suspenso
Imagem: Gabriel Barreira G1
Publicado em 29/11/2019

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu, em caráter liminar (provisório), habeas corpus ao ex-presidente do Paraguai Horácio Cartes. Ele teve a prisão pedida na Operação Patrón, um desdobramento da Operação Lava Jato.

Residente no Paraguai, Cartes não chegou a ser preso. O pedido de prisão e a extradição dependem de autoridades do país vizinho. Com o habeas corpus, no entanto, ele pode acabar não sendo preso. Uma fonte do MPF ouvida pelo G1 afirma que o pedido de extradição será suspenso.

Cartes é suspeito de ajudar Dario Messer, o doleiro dos doleiros, a se manter longe do alcance das autoridades paraguaias. De acordo com a investigação, ele pagou US$ 500 mil ao doleiro e pode ter usado o cargo para favorecer o amigo de longa data.


O valor, segundo decisão do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, foi repassado ao doleiro por intermédio de Roque Fabiano Silveira.

Messer está preso desde o fim de julho e a defesa de Cartes nega envolvimento comercial ou de sociedade entre os dois.

Segundo a imprensa paraguaia, entretanto, o ex-presidente considera Dario Messer como seu "irmão de alma", conforme declaração de 2016 em um evento público.

Por: G1
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2019 © Todos os direitos reservados