Sábado, 14 de Dezembro de 2019
Dourados
CÂMARA PARTICIPA DA INAUGURAÇÃO DA COAMO AGROINDUSTRIAL EM DOURADOS
Imagem: ASSESSORIA
Publicado em 27/11/2019

A Coamo Agroindustrial Cooperativa inaugurou nesta segunda-feira, 25, o complexo de indústrias de processamento de soja e refino de óleo de soja em Dourados. A Câmara Municipal de Dourados, representada pelo presidente, vereador Alan Guedes (DEM), participou da solenidade realizada na indústria construída à margem da BR 163, entre Dourados e Caarapó.

O investimento na planta industrial da nova esmagadora de soja e refinaria de óleo de soja em Dourados foi de R$ 750 milhões. Durante as obras, foram gerados 1.600 empregos diretos, já no funcionamento da indústria, serão cerca de 400 colaboradores operando. A capacidade de produção da indústria em processamento de soja chega a 3 mil tonelada/dia, já de refino de soja, 720 t/dia. Serão 11.000.000 caixas de óleo refinado por ano, o que equivale a cerca de 8,5 garrafas por segundo.

"A inauguração da Coamo é de suma importância. É de se destacar a fala do presidente da Cooperativa, José Aroldo Gallassini, assim como do governador Reinaldo Azambuja, em reconhecimento ao papel da Câmara, que falaram do papel institucional exercido pelo Poder Legislativo douradense ao aprovar a Lei de incentivo fiscal, com a isenção do ISS para esta obra, de mais de 90 mil m²", lembrou Alan Guedes.

Dentre as autoridades presentes, estavam o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), o vice Murilo Zauith (DEM) e a ministra da Agricultura, Tereza Cristina Corrêa da Costa. "Um evento super representativo, com a presença da ministra Tereza Cristina, representando o governo federal, falando das potencialidades que nosso estado têm e que ela tem conseguido levar isso para o mundo todo. A Câmara Municipal se fez presente e nós agradecemos a deferência da Coamo para com nossos vereadores", mencionou o parlamentar.

O presidente da Casa destacou ainda, que este ato representa uma mudança de patamar na parte industrial da cidade. "Uma planta deste tamanho, moderna, cerca de 400 empregos diretos, são fatores que vão proporcionar um ambiente favorável para que Dourados possa receber novos negócios. Ficamos muito felizes e desejamos que a Coamo permaneça e amplie ainda mais sua participação na economia da nossa cidade", enfatizou Alan Guedes.

Uma das metas da cooperativa com a nova planta é facilitar a chegada de produtos com sua marca até clientes finais de estados do Centro-Oeste e Sudeste. A Cooperativa Agroindustrial conta com instalações em três estados – Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul – e tem um quadro de oito mil funcionários.

Por: assessoria
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2019 © Todos os direitos reservados