Terça, 10 de Dezembro de 2019
Dep Jamilson Name PDT
Decisão do TRE autoriza Jamilson Name a sair do PDT por "justa causa"
Imagem: ASSESSORIA
Publicado em 21/11/2019

deputado estadual Jamilson Name, eleito em 2018 para o primeiro mandato, conseguiu decisão no TRE (Tribunal Regional Eleitora) de Mato Grosso do Sul para sair da legenda por "justa causa", única forma legal de trocar de partido sem perder o mandato. O despacho dos juízes do TRE é segunda-feira (18) e atende a pedido movido pelos advogados do parlamentar, sob a alegação de que ele sofreu “grave discriminação” na agremiação partidária.

Não é de hoje que Jamilson tem relação tumultuada com o presidente do PDT, o deputado federal Dagoberto Nogueira. Na ação, ele diz que a direção nacional sabia do relacionamento conturbado e nada fez, principalmente depois da divulgação de carta, em maio deste ano, na qual Dagoberto defende a desfiliação do colega de partido.

À época, os dois trocaram farpas, mas diante da legislação sobre fidelidade partidária, que em resumo diz que o mandato é da legenda, Jamilson não fez mudanças.

Em junho, ele entrou com a ação no Tribunal e agora veio o resultado. Relatado pelo desembargador Divoncir Schreiner Maran, o processo teve votação favorável de seis juízes responsáveis.

Sem Jamilson, o PDT perde sua representação na Assembleia Legislativa. A reportagem tentou falar com Dagoberto Nogueira, em Brasília, e a informação é de que ele estava em reunião e não poderia atender. Como a decisão é no Tribunal Regional Eleitoral, ainda cabe discussão no Tribunal Superior Eleitoral.

Jamilson Name teve 33,8 mil votos para eleger-se a uma das 24 vagas da Assembleia Legislativa na campanha do ano passado.

Por: REDAÇÃO
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2019 © Todos os direitos reservados