Domingo, 22 de Setembro de 2019
Dourados
Sérgio Nogueira é inoperante na presidência da Comissão de Juventude de Dourados
Imagem: ASSESSORIA
Publicado em 09/09/2019

Ao Portal MGS News, alguns universitários ligados ao Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal da Grande Dourados (DCE/UFGD) e Centros Acadêmicos da Unigran e Anhanguera apontaram a sua revolta com a inoperância da Comissão da Juventude da Câmara Municipal de Dourados, o órgão é presidido pelo vereador Sérgio Nogueira (PSDB), tem como vice-presidente Maurício Lemes (PSB) e membro Carlito Heleno (PEN).

Segundo os entrevistados, os referidos parlamentares são da Comissão desde 2018 e nunca esteve presente numa reunião do Conselho Municipal de Juventude sediado na Casa dos Conselhos, e ainda não teve nenhuma iniciativa no sentido de propor a realização de audiências públicas com a sociedade civil e poder público visando elaborar o Plano Municipal da Juventude, uma determinação da Lei Municipal nº 4.080 de 05 de fevereiro de 2017.

Os vereadores deveriam convocar as entidades sociais, escolas da rede pública e subsecretaria de estado de juventude e a secretaria nacional da juventude, elaborando todas as diretrizes que a cidade tomará com seus jovens nos próximos anos, assim como fez capitais como Campo Grande e Fortaleza, que são referências nessa pauta.

Outra deficiência da Comissão da Juventude da Casa Legislativa é na sua omissão Buscar mecanismos pelo fortalecimento do Fundo Municipal da Juventude regulamentado pela prefeita Délia Razuk através do decreto nº 1.880 de 11 de junho de 2019, onde através de parcerias público/privadas (emendas parlamentares) os recursos poderiam ser direcionados a emancipação do jovem, pois pesquisas indicam que a juventude negra presente nas periferias de grandes cidades são as principais vítimas da violência e tráfico de drogas.

Desde a sua reativação em 2017, o Conselho Municipal da Juventude e a Coordenadoria Municipal da Juventude subordinados diretamente ao Gabinete do Prefeito Municipal tem recebido poucos incentivos da Câmara de Vereadores para o seu funcionamento. Mesmo através do decreto municipal n. 2054 de 14 de agosto de 2019 o presidente da Casa Alan Guedes (DEM) indicou para integrar este orgão colegiado os servidores Christiana Aguilar Vieira lotada no gabinete de Daniela Hall, Samuel Pinto Simões lotado no gabinete de Sérgio Nogueira (titulares), Eduardo Iran Turela efetivo) e Paulo Rodrigo da Mota (suplentes). Porém a reclamação da Casa dos Conselhos é que grande parte desses servidores indicados pelos parlamentares desde a presidência de Daniela Hall, não participam das reuniões mensais do órgão colegiado.

A redação do MGS News tentou contato por telefone com os parlamentares citados, mas até o presente momento não obteve retorno, deixando o espaço reservado ao oportuno direito de resposta.

Por: REDAÇÃO
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2019 © Todos os direitos reservados