Segunda, 30 de Novembro de 2020
Emoções Fortes
Flamengo sai na frente, mas cede empate ao Atlético-GO
Imagem: Portal Terra
Publicado em 15/11/2020

Rogério Ceni continua sem vencer à frente do Flamengo. No segundo jogo sob o comando do técnico, novo tropeço no Maracanã. Com uma atuação ruim, o Rubro-Negro apenas empatou com o Atlético-GO, neste sábado: 1 a 1. Com o resultado, o Fla caiu para a quarta colocação do Campeonato Brasileiro e vai se complicando na briga pela liderança.

Por falar no técnico, a opção de escalar três volantes, com Thiago Maia na ponta direita, não funcionou. O Flamengo teve dificuldades ofensivas desde o princípio. O gol nasceu de um erro do Atlético-GO. A defesa, novamente, voltou a ser vazada. Os problemas persistem.

Com o empate, o Flamengo agora tem 36 pontos e caiu para a quarta colocação, sendo ultrapassado pelo São Paulo. Já o Atlético-GO agora tem 24 pontos, na 14ª colocação.

Na próxima rodada, o Flamengo volta a jogar no Maracanã, sábado, contra o Coritiba, às 19h. Antes, decide vaga na Copa do Brasil, contra o São Paulo, no Morumbi, na quarta-feira, às 21h30. O Rubro-Negro perdeu o jogo de ida por 2 a 1. Já o Atlético-GO volta a campo na segunda-feira, dia 23, contra o Sport, na Ilha do Retiro, às 20h.

O clube carioca tinha a posse de bola, mas encontrava dificuldade para criar. A primeira chance demorou a aparecer. Aos 21 minutos, Vitinho acionou Renê pela esquerda. O lateral cruzou para Thiago Maia, que emendou de primeira e acertou o travessão, após leve desvio de Jean. O Atlético-GO, percebendo o problema ofensivo carioca, aproveitou para se lançar ao ataque e incomodou.

O nível técnico do Flamengo deixava a desejar. O time errava muitos passes e também falhava em domínios de bola que poderiam ajudar em momentos de ataque. Em um raro lance de perigo, novamente pela esquerda, Renê achou Bruno Henrique, que girou e chutou. Jean mandou para escanteio.

Foi preciso uma "ajudinha" do Atlético-GO para o Flamengo abrir o placar. Zé Roberto errou passe no meio de campo e Thiago Maia acionou Bruno Henrique na velocidade. Cara a cara com Jean, ele chutou no canto e fez 1 a 0.

Rogério Ceni fez uma mudança no intervalo. Ele colocou Natan no lugar de Gustavo Henrique, que recebeu cartão amarelo no primeiro tempo. O zagueiro, inclusive, estava pendurado e vai cumprir suspensão contra o Coritiba. O Fla logo levou perigo com Vitinho, que obrigou Jean a espalmar chute de fora da área.

Quando enfim foi municiado, Gabriel Barbosa estava impedido. Ele completou para o gol após cruzamento de Renê, mas estava em condição irregular. O lance foi corretamente anulado. Quem de fato marcou e valeu foi o Atlético-GO. Thiago Maia errou passe e cedeu contra-ataque ao clube goiano. Chico ganhou da marcação e a bola sobrou para Zé Roberto, que empatou: 1 a 1.

Thiago Maia, que havia sentido problema no joelho esquerdo no começo do segundo tempo, deu lugar a Michael. O Flamengo sentiu o golpe. Se já não estava bem, passou a ter mais problemas e a jogar pressionado. Vitinho quase marcou em chute de fora da área.

Ceni colocou o Flamengo para o ataque. Arrascaeta entrou no lugar de Léo Pereira. Arão foi deslocado para a zaga. Depois, Lincoln entrou na vaga de Gabriel Barbosa. E o jovem atacante desperdiçou a melhor chance. Arrascaeta deixou Lincoln sozinho, sem goleiro, mas ele errou o chute e a zaga cortou. Depois, Arrascaeta parou em Jean.

Por: Portal Terra
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2020 © Todos os direitos reservados