Quarta, 02 de Dezembro de 2020
Data Alusiva
11 de outubro: "Dia do Deficiente Físico traz reflexão sobre a acessibilidade”, diz Lú Cadeirante
Imagem: Lú Cadeirante disputa a vereança pelo PT. (Assessoria)
Publicado em 13/10/2020

Dia 11 de outubro foi celebrado o Dia Nacional da Pessoa com Deficiência Física, e quem comentou a data alusiva foi Lucielen Leivas, a Lú Cadeirante, candidata a vereadora em Dourados pelo PT. "Na grande parte dos segmentos, quando tocamos no assunto da acessibilidade para pessoas com deficiência, sempre referenciamos rampas, acessos em áreas públicas ou privadas que ajudam no movimento, caso haja dificuldades de locomoção. Mas em contraste, é importante frisar que acessibilidade ultrapassa horizontes, precisamos ter uma visão global acerca desse dilema", mencionou.

“Na gestão do então prefeito Laerte Tetila (2001 a 2008) conseguimos implantar o projeto Cidade Educadora, fomos pioneiros na construção de ciclovias, além da exigência de rampas de acessibilidade em todas as obras públicas financiados pelo Governo Federal nos Municípios, são conquistas fundamentais nos governos dos presidentes Lula e Dilma. Já em Dourados, nesse quesito há muito trabalho ainda para universalizar a consciência das pessoas, pois precisamos reedificar a metodologia de gestão, focando na catalogação dos espaços públicos e privados, impulsionando informativos em aplicativos, bem como incentivar a geração de emprego e renda a esse segmento”, relatou Lú.

Lucielen aponta que o gestor municipal precisa conhecer bem os problemas de cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida, especialmente na indução de melhores condições de trafego pela cidade. "Dentre as maiores dificuldades, pontuo a falta de informações sobre pontos acessíveis do município, o que reduz a coragem de deslocamento para quem possui limitações. Outra crítica que fazemos, é que a segunda maior cidade do Mato Grosso do Sul precisa adotar um comportamento de metrópole, pensando os deficientes como usuários de áreas de lazer, turismo e cultura, o que é inexistente na atualidade", explicou.

ELEIÇÕES 2020:

A jovem Lucielen Leivas, popularmente conhecida como "Lú” lançou oficialmente a sua candidatura a vereadora nas redes sociais, ela é filiada ao Partido dos Trabalhadores (PT), agremiação que foi entrou a convite do deputado estadual Cabo Almi. "Vamos defender a idealização de políticas públicas na formação profissional ao jovem com idade entre 15 a 29 anos, fortalecendo a rede de assistência social através dos CRAS, bem como o fortalecimento da sociedade civil nos Conselhos Municipais", lembrou.

Depois do sucesso de Lú nas urnas sendo eleita conselheira tutelar com 414 votos nas eleições 2015, ficando em segundo lugar, graças a repercussão do seu trabalho social desenvolvido em Dourados e Fátima do Sul, onde é servidora de carreira, ela aceitou o desafio iniciando a pré-candidatura, sempre rememorando a defesa de direitos da sociedade civil organizada, os negros, os deficientes, os idosos, moradores de rua, que estão emergindo na ocupação de novos espaços de poder.

Bastante conhecida por sua atuação na área social, a candidata se coloca como uma das alternativas da renovação do cenário político da cidade. "É a hora de acreditar na força das ideias e que o novo sempre vencerá nos espaços de poder. Esse será o slogan ventilado pelos apoiadores de Lú, a mudança é agora", pontuou Leivas.

Em entrevista exclusiva ao Portal MGS News, Lú afirmou que está em fase de diálogo com seus apoiadores e alavancará o novo projeto político.

“Jamais esqueci da minha missão como sul-mato-grossense em montar uma plataforma política da emancipação do jovem, da mulher e do cidadão numa visão global, quero ser uma alternativa de mudança contra esse legislativo tão arcaico. Iremos ao longo da campanha estimular discussões importantes como as políticas públicas de promoção social para jovens, negros, pessoas que nasceram com alguma má formação, com deficiência, além de fortalecer a economia solidária nos seus mecanismos público/privado, buscando o apoio de grandes empresas para a geração de emprego e renda, fazendo a junção disso ao pensamento dos profissionais da educação, segurança e do meio ambiente”, finalizou.

Por: Markon Machado
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2020 © Todos os direitos reservados