Quarta, 12 de Agosto de 2020
Assistência Social
Prefeitura de Dourados leva alegria a idosos “isolados” por força da pandemia
Imagem: A. Frota. (Assecom) - Arquivo
Publicado em 03/07/2020

Os idosos participantes de atividades do Centro de Convivência Andre’s Chamorro receberam visitas surpresa da equipe da Semas Secretaria Municipal de Assistência Social. No centro, os encontros com os idosos estão suspensos há quase três meses, devido a pandemia do coronavírus e, ir “casa a casa” foi uma maneira encontrada de levar carinho ao grupo.

O coordenador do CCI, Adolfo Ferrari, servidora Luzia Biserra, Maria Helena e a profissional de Educação Física Elizete Gomes tem realizado as visitas praticamente todos os dias da semana, com base em sorteio para definir os pontos, usando todos os equipamentos de proteção de individual necessários.

“Levamos uma lembrancinha com máscaras e bombons para todos e também levamos o nosso carinho e respeito que temos por cada um” disse a profissional de educação física, Elizete Gomes.

O contato com os idosos durante essa visita é apenas no portão da casa e dura em torno de 2 a 3 minutos.

“Perguntamos sobre a saúde e nosso intuito principal é mostrar para eles que todos são importantes para nós e que nossa saudade também é muito grande por todos, diz a profissional.

A suspensão das atividades no CCI com a categoria foi necessária diante do fato de que os idosos estão inclusos no grupo de risco do coronavírus. Assim já se foram praticamente quatro meses de isolamento social. Conforme a direção do CCI, mesmo em casa, eles estão sendo orientados pela profissional de educação física com vídeos de aulas, enviadas três vezes na semana.

“Em reunião de equipe (via whatssap) constatamos que nossos idosos estavam e estão muito carentes neste período, pois muitos estão cumprindo direitinho o isolamento, não saem de casa e também não estão recebendo visitas, nem de seus próprios filhos e netos. Assim a equipe definiu que as visitas seriam uma forma de levar nosso afeto, também em nome da administração municipal, sendo que as vídeo aulas é uma forma de que não fiquem totalmente sem atividades”, apontou.

Quem recebe a visita surpresa garante que o dia fica melhor. Para Irene Blaka que participa das atividades de voleibol adaptado com João Blaka, o “abraço” foi sentido mesmo que a distância.

“Nós ficamos muito felizes, hoje acordei angustiada, mas Deus mandou uma equipe de anjos lindos logo cedo para começar o dia, vocês não imaginam o quanto isso nos fortalece” – Irene e João (idosos atletas das equipes de voleibol adaptado).

Conforme o coordenador do CCI, Adolfo Ferrari, as visitas seguirão nos próximos dias, sem data para término, sempre com observância as medidas de segurança que o momento de pandemia exige.

Por: Da Redação
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2020 © Todos os direitos reservados