Sábado, 04 de Julho de 2020
Algazarra
Após políciais verificar embriaguez, pai paga fiança de rapaz que bateu Mercedes na Capital
Imagem: Divulgação
Publicado em 30/06/2020

O Batalhão de Trânsito da Polícia Militar lavrou um termo de embriaguez do estudante de 20 anos preso por bater com sua Mercedes e arrancar mais de 20 tocos de madeira na Avenida Desembargador José Nunes da Cunha, no Parque dos Poderes, em frente à Assembleia Legislativa.

Segundo o registro de ocorrência “o autor apresentava sinais de embriaguez com olhos avermelhados e forte odor etílico”. Ele se recusou a fazer o tese de alcoolemia.

Minutos antes da colisão, o rapaz foi flagrado por agentes do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) dirigindo a 100 km/h na mesma avenida onde o acidente aconteceu.

A Mercedes ficou com o para-choque danificado e três dos pneus estouraram na colisão. Ainda assim, o estudante tentou continuar, mas só andou cerca de 40 metros e parou em frente ao prédio da Assembleia Legislativa.

Os policiais militares que faziam a segurança do órgão ouviram o barulho do acidente, saíram para ver o que havia acontecido e impediram o rapaz de ir embora.

Equipes do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar também foram chamadas. Com a chegada dos policiais, o rapaz se negou a fazer o teste bafômetro. O pai dele também esteve no local e tentou levar o filho para o hospital, mas ele não tinha nenhum ferimento aparente e não reclamava de dores.

Liberado – Segundo o delegado plantonista que registrou o acidente, o rapaz foi liberado depois de feito o boletim de ocorrência de do pagamento da fiança estabelecida pela autoridade policial, cujo valor não pôde ser divulgado.

O autor pode ter a CNH suspensa por até 12 meses e responderá criminalmente pelo fato na justiça.

Por: Lucas Mamédio - Campo Grande News
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2020 © Todos os direitos reservados