Segunda, 06 de Abril de 2020
Investigação segue
Investigados pela morte de Léo Veras são detidos em operação comandada por promotores
Imagem: Divulgação
Publicado em 23/02/2020

Suspeitos pela morte do jornalista Loureço Veras, o Léo Veras, 52, foram presos numa mega-operação realizada na madrugada deste sábado (22/2) em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz fronteira com o Brasil através de Ponta Porã. Pelo menos 10 pessoas acabaram detidas na ação, comandada por nove promotores de justiça.

De acordo com o Campo Grande News, pistolas e fuzis já foram apreendidos, além de grande quantidade de munições.

As buscas feitas em pelo menos 20 endereços de Pedro Juan Caballero também localizaram um Jeep Renegade branco, suspeito de ter sido usado pelos pistoleiros que executaram Leo Veras.

Ainda conforme o site, o promotor Marcelo Pecci, que comanda a operação, iniciada de forma sigilosa sem a participação de policiais locais, disse que por enquanto só existem suspeitas quanto ao carro e aos presos.

Por: Da Redação
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2020 © Todos os direitos reservados